quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Prometo sim , porque não ?

Prometo que esse será mais um ano em que não vou levar a academia à sério . Prometo que continuarei sendo muito ciumenta e comendo muitos pastéis cheios de calorias da padaria da esquina . Nos dias de verão , prometo que vou continuar trocando uma aula chata por uma boa praia . Prometo que não abandonarei o vício do café forte matinal , comerei muitos doces , vou continuar lendo resumos , quando o livro for maior que o tempo , e obviamente continuarei estudando na vespéra das provas da faculdade . Prometo que não vou fazer nenhum esforço para que eu goste mais das pessoas da minha turma e vice - versa . Prometo que vou deixar a preguiça das manhãs frias de inverno me consumir e que as panelas de brigadeiro vão se tornar cada vez mais diárias . Prometo que continuarei inventando desculpas quando o programa for chato , e continuarei não levando presentes para os aniversários da familia . Prometo , que esse ano meu consumismo vai me acompanhar muito mais , minhas contas continuarão descontroladas , e será mais um ano de renovação do contrato com o meu paitrocinio . Prometo que continuarei me demitindo de serviços que não me satisfaçam , que será mais um ano de grandes discussões com o meu irmão e novelas mexicanas com meu namorado . Prometo que não vou emagrecer uma grama , e que o silicone fica para um próximo ano ... Só prometo o que posso cumprir e o que vier será lucro , afinal para que servem as promessas mirabolantes ?? Apenas para grandes frustrações.

Enfim , 2011 será um ano muito diferente ...

12 comentários:

  1. Nossa, ameei muito! Prometo quase tudo que você prometeu por aí! rsrs.
    Muito bom, Letícia!
    beijos e feliz 2011.

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo! Apenas prometemos o que sabemos que poderemos cumprir. Vamos evitar decepções!
    Boa sorte pra ti! Muito sucesso.
    Um beijo meu.
    Ótimo dia.

    ResponderExcluir
  3. Adoreeeeiii! Prometer o que a gente sabe que pode cumprir é o unico tipo de promessa válido mesmo.
    Ótimo texto, querida. Gostei de verdade! :D

    Bom 2011 pra você ^^
    beijoca

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Esse teu texto deveria virar um viral na net, de tão genial que ficou! Parabéns mesmo! Sincero como sempre!

    Ah, Letícia! Um tempo atrás tu deixou no meu blog o melhor elogio que eu poderia receber nessa vida peculiar de blogueiro. Foi na Crônica dos "Solteiros", e como eu estava atolado de trabalhos e trabalhos (ainda não posso ser o Sr. Apêndice durante 24 horas, mas tentarei um dia...), acabei não te agradecendo. Mas já que é ano novo, acredito que as velhas dívidas devem finalmente serem saldadas. Em outras palavras, retomei e atualizei o blog, e nesse processo, como hábito, fui responder os comentários que sempre me são deixados. Assim, não poderia deixar de retribuir tua delicadeza, ainda mais por ser o melhor comentário que recebi. Tomei a liberdade de dar um Crtl+C do meu blog e coloca-lo aqui para ti ler:

    "- Letícia M.: Sinceramente, eu fiquei sem palavras diante dos teus elogios que nenhum agradecimento poderá se equiparar a eles. Por mais que tenhas exagerado um pouquinho (não me acho tão genial como dizes), fiquei realmente muito envaidecido pelo comentário. Tanto que sempre que vou escrever, me inspiro neles para tentar melhorar meus textos. Muito, mas muito obrigado pelo apóio e por ler meu blog. Realmente, não tenho mais palavras para expressar minha gratidão! Obrigado, e acompanhe o blog sempre que possível, pois tentarei sempre escrever crônicas que façam sentido para ti. Beijos"

    Mais uma vez muito obrigado, sucesso e felicidades em 2011! E continue sempre com teus ótimos textos aqui no blog. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que belas palavras HAHAHA, em uma pesquisa sobre Martha Medeiros vi que você também se identificou com as obras dela, e passei pra mandar um salve! KKK
    Bom 2011, flw

    ResponderExcluir
  6. Oi Lê!! saudades de você, de vir aqui.. de ler-te!!! amei o texto e acho que todos nós nos identificamos com ele... afinal, o que adianta prometer o impossível?? basta se conhecer um pouquinho pra saber o que vamos e o que não vamos cumprir..!!Muchos besos e Feliz Ano Novo pra você

    ResponderExcluir
  7. Adorei, Lê! Prometer aquilo que não podemos cumprir só serve para gerar grandes frustrações mesmo. Ótimo texto!
    Beijão :*

    ResponderExcluir
  8. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    LETICIA

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  9. Uuuu
    Tambem prometo ^^
    e Boa sorte pra gentee =]
    Te seguindoo, da uma passadinha la no meu e segue tbm!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  10. Olá Letícia!
    Vamos cultivar nossas ações do mesmo modo como os jardineiros cuidam das flores. Se as plantas brotam e se tornam formosas, desabrochando em cores vivas e atraentes para alegria de pássaros e borboletas, também podemos sedimentar o futuro com a beleza do progresso e, assim, fazer germinar sorrisos de contentamentos. A vida está em nossas mãos. Cabe a nós, com o poder que nos foi conferido por Deus, conduzi-la. Basta escolher o melhor caminho e seguir em frente.

    Gostei do seu blog e estou lhe seguindo!

    Abçs...

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  11. Adorei o texto, muito bom ! Talvez seja melhor mesmo fazer as promessas que sabemos que vamos cumprir, do que prometer coisas que poderão sim fazer o nosso bem mas não vão ser cumpridas.
    Tava com saudades daqui,
    beijos;*

    ResponderExcluir